Rua 7 de Setembro

Tão longa e larga. Tão movimentada. Sem ti, o mundo pára, a gente se irrita - todos perdemos o senso de humor.

O que tu queres com teus passos rápidos? Nem sei. De tão curtos, os momentos se perdem.

Mas eu me recordo de uns prédios antigos, de umas árvores velhas e belas.

Teu amplo sorriso é como um rio, que leva livros ao sabor de inúmeras correntezas.

Volte


©2003 - Todos os direitos reservados. Para contatar o autor, escreva para johnnyvirgil@hotmail.com.