abertura

[Início]

Literatura

Johnny Virgil possui os seguintes livros publicados:
- Breves (poemas, 1998);
- Short and Musical (poemas, tradução de Breves para o inglês);
- Sociedade das Possibilidades (formato .lit, formato .pdf) (ensaios sobre a Ciência da Informação, 2006);
- O Homem-concha: a casa do penhasco (novela, 2011);
- Piolho ou Lambida (novela, 2013).

As seguintes obras permanecem inéditas:
- Breves (poemas, tradução de Breves para o espanhol);
- Joana dos que Amam (conto infantil);
- Sonetos (poemas);
- Meus Campos, Vida e Asas (poemas);
- O Mar Revolto (romance);
- Os Alvos Versos (poemas);
- Imagens: Abismos da Alma (poemas);
- Eternos Prismas (peça de teatro).

Atualmente, o autor trabalha nas seguintes obras:
- Before The Eyes Of The Tiger (poemas);
- Poemas do Ódio (poemas);
- Ruas de Blumenau (poemas);
- O Homem-concha: a casa de penhasco (tradução para a língua inglesa). A obra será lançada nos Estados Unidos em 2012. Em breve, serão disponibilizados alguns capítulos online, na página de O homem-concha.
- O Homem-concha (segundo volume da série de quatro). A obra será lançada em 2013. Em breve, serão disponibilizados alguns capítulos , na página de O homem-concha.

O autor também mantém os sites Ruas de Blumenau, Poemas à Minha Avó e Poemas de Johnny Virgil. Na área de análise sintática da língua portuguesa, o autor mantém o site Análise Sintática da Língua Portuguesa, criado durante o seu curso de pós-graduação em educação a distância na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

Veja comentários do autor sobre livros de outros autores, antigos e modernos, aqui.

O autor ainda disponibiliza os seguintes textos aos leitores:
- poema A Destruição de Brasília, do livro Poemas do Ódio;
- poema A Concha, em homenagem a Chitra Banerjee Divakaruni;
- poema Against Oppression;
- poema A Última Semente;
- poema Eulogy to Ms. Arvanitaki, em homenagem a Eleftheria Arvanitaki;
- crônica Um Ponto Nevrálgico, sobre a destruição de uma construção histórica da cidade de Blumenau, Santa Catarina, Brasil;
- conto O Passarinho;
- tradução livre do latim para o português da Ode IV, Livro I, de Horácio;
- poema O que é a vida senão instinto;
- ensaio Otimismo e Virtualidade;
- poema Poema aos Lugares que não Visitei;
- poema Quando eu entro nesta casa;
- poema Rivers are a part of me, em homenagem ao Rio Ganges;
- poema The past comes in red, em homenagem a Loreena McKennitt;
- poema There is nothing more relaxing;
- poema Why are dreams so fragile;
- poema Αγαπώ, em grego;
- poema A estrada sinuosa conduz às ruínas.
- poema O Ciclo da Esperança, para o Painel Literário da Primavera da Biblioteca Municipal Fritz Müller (Blumenau/SC).

Pode-se contatar o autor através do endereço eletrônico johnnyvirgil@hotmail.com ou johnnyvirgilbr@gmail.com.


© Todos os direitos reservados. Mais bem visualizado no navegador Internet Explorer com a resolução 800x600.